Bem vindo ao site do Grupo Brinque Cantando - 2007
Adulto Infantil Home Contato
   |   Repertório

No Telegrama Cantado o Grupo Brinque Cantando resgata e divulga o melhor da música popular brasileira, elaborando novos arranjos para as canções, interpretadas com suavidade e personalidade pela cantora LUCIANE VALLE e o violonista MAICOL AGIANI.

No REPERTÓRIO além de obras de grandes compositores e intérpretes da nossa música brasileira, o compositor Maicol Agiani divulga suas belíssimas canções.

  | Músicas de Mãe

BALADA PRA MAMÃE

Ó que dia singelo
É na vida o mais belo
O dia das mães

Mamãezinha querida
Tu me deste a vida
E então meu coração quero te dar

Sei que é pouco porém
Se tivesse mil vidas daria também
Minha mãezinha querida
Tu me deste a vida
E eu nem sei que te dar

 

FLOR DE MAIO

Você é a flor mais pura
O amor mais verdadeiro
Doce fonte de ternura
És o meu amor primeiro
Quando vejo o seu sorriso
Sinto o quanto a vida é bela
És a estrela que eu mais gosto
E quero estar sempre pertinho dela
Vida que me deu a vida
Minha mãe querida, minha primavera

Flor de Maio, flor de maio
Flor de todos os meus dias
Com você eu sou mais forte
E tenho tanta alegria
Flor de Maio, flor de maio
O seu carinho me traz confiança
Mãe me envolva no seu colo
Quero me sentir criança

 

FOGÃO DE LENHA

Espera minha mãe estou voltando
Que falta faz pra mim um beijo seu
O orvalho da manhã cobrindo as flores
E um raio de luar que era tão meu

O sonho de grandeza ó mãe querida
Um dia separou você e eu
Queria tanta ser alguém na vida
E apenas sou mais um que se perdeu

Pegue a viola
E a sanfona que eu tocava
Deixe um bule de café em cima do fogão
Fogão de Lenha
E uma rede na varanda
Arrume tudo mãe querida
O seu filho vai voltar

Mãe eu lembro tanto a nossa casa
E as coisas que falou quando eu sai
Lembro do meu pai que ficou triste
Que nunca mais cantou depois que eu parti

Hoje eu já sei ó mãe querida
Más lições da vida eu aprendi
Porque eu vim procurar aqui distante
Eu sempre tive tudo e tudo está aí

Pegue a viola ...

 

MÃE, UM PEDAÇO DE CÉU

Para mim sou grande, mas pra ela pequenino
Sou adulto, mas me chama de menino
Quando olha seus olhos brilham
Um amor feito de sonho, de alegria e de esperança
Se estou junto dela sou criança
O mundo é muito mais bonito
Sem pecado e sem perigo
E ninguém no mundo vai gostar de mim
Como ela gosta

Por mim ela não mede sacrifício
Pode parecer difícil que alguém ame desse jeito
Acontece que ela é a minha mãe
E mãe é sempre assim

Mãe . . . palavra que Deus inventou
Um anjo que a Terra chegou
Voando nas asas do amor

Mãe . . . palavra mais doce que o mel
Talvez um pedaço de céu
Que Deus transformou em mulher

 

MÃE

Canta-me uma cantiga
De embalar o coração
Dá-me a tua mão amiga
Bem juntinho da minha mão

Por toda a vida, oh mãe,
O teu amor senti
Agora cuido eu de ti

Lembra-te da nossa estrela
Que guiou-nos com seu brilho
Toda noite quando chega
No sorriso do teu filho

Por toda a vida ...

Sinto-me outra vez pequeno
Protegido em teu abraço
E esse teu olhar sereno
É a paz do meu cansaço

Por toda a vida

 

MÃEZINHA QUERIDA

Minha mãezinha querida
Mãezinha do coração
Te adorarei toda vida
Com grande devoção

É tua esta valsinha
Foste a inspiração
Canto querida mãezinha
A tua canção

Alegria . . . um prazer
Uma grande emoção
Neste dia te dizer
Com muito amor e afeição

Ó minha mãe
Minha santa querida
És o tesouro que eu tenho na vida
Eu te ofereço esta linda canção
Mãezinha do coração . . .

 

MAMÃE

Ela é dona de tudo
Ela é a rainha do lar
Ela vale mais para mim
Que o céu, que a terra , que o mar

Ela é a palavra mais linda
Que um dia o poeta escreveu
Ela é o tesouro que o homem
Das mãos do Senhor recebeu

Mamãe, mamãe, mamãe ...
Tu és a razão dos meus dias
Tu és feita de amor e de esperança

Ai, ai, ai, mamãe
Eu cresci o caminho perdi
Volto a ti e me sinto criança

Mamãe, mamãe, mamãe ...
Eu te lembro o chinelo na mão
O avental todo sujo de ovo
Se eu pudesse eu queria outra vez mamãe
Começar tudo, tudo de novo.

 

O AMOR MAIS PURO

Mãe ... é uma só que a gente tem no mundo
Mãe ... é o amor mais puro e mais profundo
Ó minha santa mãezinha que tantas vezes eu fiz chorar
Aqui vim pra dizer-te que sempre, sempre hei te amar
Mãe ... pensar que um dia poderás faltar-me
Mãe ... pensando nisso vivo a lamentar-me
Por isso nas minhas preces
Tenho pedido ao Criador
Que nunca, nunca me falte o teu carinho, o teu amo

 

OBRIGADO MÃE

Obrigado mãe por todo o seu amor
Penso em você e morro de saudade
O seu nome vai comigo aonde eu for
Sempre na tristeza e na felicidade

Obrigado mãe por tudo que me deu
Seu carinho, esperança e afeição
Pra você eu sou criança
E quando vem a solidão
Vou buscar abrigo no seu coração

Eu lhe agradeço minha mãe
Às vezes que me consolou
A cada lágrima sentida
Que por mim já derramou

Obrigado pelos beijos
E conselhos que me deu
E a vida que você me ofereceu

Obrigado minha mãe por tudo que eu sou
Obrigado mãe que tanto se sacrificou
Fez tudo pra me ver feliz
Capaz de até morrer por mim
Muito obrigado por me amar assim

    |
Informativos
    |
Telegrama Cantado
    |
Outros Serviços

|
Parceiros
  | Atendimento  
info@grupobrinquecantando.com.br
Fone / Fax: (11) 4327-3931 / 7545-2700 / 9683-0368
© 2006 Grupo Brinque Cantando - Todos os direitos reservados